sexta-feira, 29 de setembro de 2023

Animais de estimação: Pandemia fez disparar adoção. Portugueses recusam comprar menos mesmo com inflação, mas 50% procura mais barato


 Na última década verifica-se uma tendência crescente de cada vez mais portugueses a adotarem animais de estimação. Mais: na pandemia da Covid-19 o fenómeno acelerou e, ainda que tenha decrescido no ano passado o número de pessoas que passaram a contar com nova companhia animal, o abrandamento é muito ligeiro. Por outro lado, mesmo com a situação económica difícil que vive o nosso País, e perante a inflação e o aumento do custo de vida, a maioria dos portugueses não corta no volume de produtos e bens para os ‘pets’, ainda que 46% dos donos de animais de estimação assuma que procure alternativas mais baratas.

É o que revela um recente estudo de mercado ‘Relação Tutor-Veterinário’, que elaborou uma caracterização dos tutores/donos de animais de estimação e analisou os gastos feitos com os ‘pets’, bem como a forma como veem a importância da saúde dos ‘patudos’. O estudo surgiu através da parceria entre a VetBizz Consulting, firma de serviços de consultoria e formação em exclusivo a Centros de Atendimento Médico-Veterinários (CAMV), e a 2Logical, empresa de consultoria e dados na área da saúde. Os principais dinamizadores do estudo foram Dilen Ratanji, CEO da VetBizz e Mariana Jerónimo, Business Development & Consulting Manager da 2Logical, que falou em exclusivo com a Executive Digest. Ler mais

Sem comentários:

Enviar um comentário

IRS automático traz reembolsos mais cedo. Como saber se estará abrangido

  Por norma, o IRS automático é "uma forma mais rápida de receber eventuais reembolsos". Saiba se está abrangido.  T endo por base...