terça-feira, 28 de junho de 2022

"As boas intenções não chegam para resolver a falta de recursos no SNS"

 

João Varandas Fernandes é médico especialista em ortopedia e traumatologia no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, assessor da direção clínica e diretor do Centro de Responsabilidade Integrada de Trauma, um novo instrumento de gestão dos hospitais, mas já foi diretor do Serviço de Urgência de São José. Tem obra publicada sobre a gestão e o futuro do SNS e diz que "a situação gravíssima que se vive" era esperada, argumentando que não é uma comissão de acompanhamento que vai resolver o problema da falta de médicos no SNS. "Se há unanimidade em todas as correntes políticas sobre a existência do SNS, porque não se faz a reforma de que ele necessita?", questiona. Ler mais

Condutores de elétricos têm cada vez menos medo que o carro perca autonomia, diz estudo

 

As notícias sobre os veículos elétricos são cada vez mais frequentes à medida em que também mais marcas de automóveis anunciam a sua aposta neste setor ou o lançamento de novos modelos a bateria.

No entanto, alguns condutores viviam quase que apavorados com a possibilidade de o carro deixar de ter autonomia ao longo de uma viagem e ficar parado no meio da estrada. Mas um recente estudo veio agora demonstrar que o medo e ansiedade que tal aconteça já é cada vez menor entre os condutores destes veículos. Ler mais

 

ERC está a apreciar participações sobre cobertura televisiva de morte de criança em Setúbal

 

A Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) "confirma a receção de participações" sobre a cobertura televisiva da morte de criança em Setúbal, as quais "se encontram em apreciação", disse hoje à Lusa fonte oficial.

Na segunda-feira, foi divulgado que o grupo parlamentar do PCP pediu à ERC que esclareça se está a pensar a pronunciar-se sobre a cobertura informativa do alegado homicídio de Jéssica Biscaia.

Questionada pela Lusa sobre se houve outros pedidos do género recebidos pelo regulador, a ERC "confirma a receção de participações, a respeito da cobertura televisiva ao referido caso, e que estas se encontram em apreciação pelos serviços da entidade".

O regulador acrescenta ainda, numa resposta por escrito, que "quando a ERC produzir uma pronúncia, procederá à sua divulgação, como é habitual, no sítio eletrónico da entidade". Ler mais

 

Algo não está bem! Preste atenção a este sintoma nas idas ao WC

 

Entenda os alertas que o seu corpo lhe dá.

Hemorragias digestivas sob a forma de sangue nas fezes justificam uma ida ao médico, alerta Monika Wassermann, responsável da Olio Lusso, ao Daily Express. Segundo a especialista, pode tratar-se de um sintoma de cirrose hepática, ou, doença hepática crónica, que conduz à destruição do fígado e aumenta o risco de ter cancro do fígado.

Esta doença caracteriza-se pela morte das células do fígado, o aparecimento de cicatrizes e alteração da sua estrutura. "Este órgão fica com uma consistência muito dura e cheio de nódulos", o que compromete a circulação e afeta a sua função, alerta a a rede portuguesa de hospitais CUF.

O álcool é o principal responsável. Como tal, a prevenção da doença passa por não consumir bebidas alcoólicas em excesso (mais do que duas a três no homem e uma a duas na mulher, por dia, segundo a CUF) e não consumir bebidas alcoólicas antes dos 18 anos.

Outros sinais a que deve estar atento:

  • Olhos e pele amarelados (icterícia);
  • Presença de ascite (barriga de água);
  • Inchaço das pernas;
  • Vómitos com sangue;
  • Confusão mental;
  • Cansaço;
  • Perda de peso;
  • Perda de apetite.

 

Rendas mais caras no 1.º trimestre. Preço mediano estava nos 6,16 €/m2

 

No 1º trimestre de 2022 a renda mediana dos 23.934 novos contratos de arrendamento em Portugal atingiu 6,16 €/m2. Estes dados são ainda provisórios. 

 A renda mediana de novos contratos cresceu 6,4% no primeiro trimestre do ano para 6,16 euros por metro quadrado (€/m2), de acordo com os dados divulgados, esta terça-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). 

"No 1º trimestre de 2022 (dados provisórios) a renda mediana dos 23.934 novos contratos de arrendamento em Portugal atingiu 6,16 €/m2", pode ler-se no relatório do INE. 

Este valor da renda mediana dos novos contratos de arrendamento, explica a agência de estatísticas, representa um crescimento homólogo de 6,4% e o número de novos contratos aumentou 19,8% face ao 1.º trimestre de 2021. Ler mais

Certificado digital da UE prolongado até fim de junho de 2023


O Conselho da União Europeia (UE) deu hoje luz verde à extensão por mais um ano das regras relativas ao Certificado Digital Covid-19 da UE, considerando que este documento é "particularmente importante" no contexto das viagens.

 A aprovação do Conselho da UE segue-se à do Parlamento Europeu, na semana passada, ficando o certificado -- que atesta a vacinação, a recuperação da doença ou a realização de um teste de despistagem negativo -- em vigor até 30 de junho de 2023.

Em 03 de fevereiro, a Comissão Europeia propôs a prorrogação do Certificado Digital Covid da UE por um ano, até 30 de junho de 2023, e a inclusão de teste de antigénio de alta qualidade.

O executivo comunitário salientou, em comunicado, que o coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, continua a ser prevalecente na UE e a extensão do certificado irá facilitar a vida e deslocações dos cidadãos da UE. Ler mais

PROGRAMA DIRETO AO CONSUMO COM O PROFESSOR MÁRIO FROTA Jornal Valor Local

 


PROGRAMA DIRETO AO CONSUMO COM O PROFESSOR MÁRIO FROTA

G7 destina 4700 milhões de euros para combater insegurança alimentar

 

Mais de metade do fundo provém dos Estados Unidos.

O grupo dos sete países mais industrializados do mundo (G7) alcançou esta terça-feira um compromisso no sentido de aplicar 4700 milhões de euros em medidas para fazer face à "insegurança alimentar" provocada pela guerra na Ucrânia.

A informação sobre os fundos destinados a combater a "insegurança alimentar" foi comunicada aos jornalistas por um alto funcionário da Administração norte-americana que se encontra na reunião do G7, que decorre em Elmau, na região dos Alpes da Baviera.

De acordo com a mesma fonte, que não foi identificada, mais de metade do fundo (2600 milhões de euros) provém dos Estados Unidos.

 

Governo reconhece oficialmente que o continente está em seca severa ou extrema

 Reconhecimento oficial foi publicado em Diário da República através de um despacho de 21 de junho da ministra da Agricultura e Alimentação

O Governo reconheceu esta segunda-feira oficialmente a existência de uma situação de seca severa e extrema agrometeorológica em todo o continente, "o que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola".

O reconhecimento oficial foi publicado em Diário da República através de um despacho de 21 de junho da ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes. Ler mais

"Uma alternativa sustentável." Os insetos já fazem parte do prato dos portugueses

 

A empresa Portugal Bugs acredita que os insetos podem ser uma alternativa alimentar aos cereais dentro de "três a quatro anos".

Os snacks de larva com sal marinho ou de grilo com tomilho e orégãos são algumas das dezenas de produtos comercializados pela Portugal Bugs, em Esposende, a primeira empresa portuguesa a produzir e a vender produtos com insetos comestíveis.

A empresa abriu em 2016 e Guilherme Pereira, um dos fundadores, contou à TSF, que decidiram avançar "no mundo dos insetos" porque se trata de "uma alternativa sustentável para a alimentação". Depois de desenvolverem os produtos na faculdade, desenvolveram a marca e começaram a comercializar no mercado em 2021. Ler mais

 

O REGIME DOS CONTRATOS DE FORNECIMENTO DE CONTEÚDOS E SERVIÇOS DIGITAIS VIGENTE EM PORTUGAL

 


I

PRELIMINARES

1.      O labor transpositivo da Directiva atinente aos  “contratos de fornecimento de conteúdos e serviços digitais”

O Decreto-Lei n.º 84/2021, de 18 de Outubro, procede à transposição das Directivas 2019/770 e 771, de 20 de Maio de 2019, do Parlamento Europeu e do Conselho.

Tal diploma entrou em vigor, na ordem jurídica interna, conforme preceituado por Bruxelas, no 1.º de Janeiro do ano em curso.

A primeira das directivas ocupa-se, na realidade, de “determinados aspectos dos contratos de fornecimento de conteúdos e serviços digitais”. A segunda da do regime de “determinados aspectos do contrato de compra e venda de bens”.

Nas linhas que se seguirão ocupar-nos-emos tão só do regime, ainda que de modo breve formulado, do fornecimento de conteúdos e serviços digitais.

Não contemplaremos, pois, neste espaço o regime dos contratos de compra e venda de bens corpóreos e de bens corpóreos em que se incorporam conteúdos ou serviços digitais.

O regime jurídico a que a Directiva 2019/770, de 20 de Maio, confere relevância visa oferecer adequada resposta à célere evolução tecnológica observada neste domínio de molde garantir a congruência do e a adesão ao conceito de conteúdos ou serviços digitais e ao regime enquadrável no comércio jurídico em curso.

2.      Conteúdos e serviços digitais: conceito e realidades recobertas

Ora, por conteúdos e serviços digitais se entende, designadamente,

§  os programas informáticos,

§  as aplicações,

§  os ficheiros de vídeo, de áudio e de música,

§  os jogos digitais, 

§  os livros electrónicos e outras publicações electrónicas,

§  bem como os serviços digitais que permitam a criação, o tratamento ou o armazenamento de dados em formato digital ou o respectivo acesso, nomeadamente o software enquanto serviço, de que são exemplo a partilha de ficheiros de vídeo e áudio e outro tipo de alojamento de ficheiros, o processamento de texto ou jogos disponibilizados no ambiente de computação em nuvem, bem como as redes sociais. Ler mais

Regulador deteta desvio de 4 cêntimos no preço da gasolina e vai avaliar evolução nas próximas semanas

 Preço médio fixado da gasolina simples esteve 4 cêntimos acima do valor de referência calculado pelo regulador. É o mais alto desde que ERSE publica relatórios e será avaliado nas próximas semanas. 

O preço médio da gasolina simples anunciado pelas petrolíferas esteve na semana passada 4 cêntimos por litro acima do valor de referência identificado pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) e que corresponde ao preço eficiente. Este desvio “corresponde ao valor mais elevado desde a publicação deste relatório” (que se iniciou no final de maio) e que vai suscitar uma atenção especial por parte do regulador a quem compete por lei identificar eventuais margens excessivas no negócio dos combustíveis.

Segundo a ERSE, “tendo em conta os preços reportados desde 1 de janeiro de 2019, este valor encontra-se no percentil 96,5, sendo necessário avaliar a sua evolução nas próximas semanas”. Este é o primeiro sinal de alerta de que alguma coisa poderá não estar a funcionar corretamente no mercado dos combustíveis rodoviários no que diz respeito à evolução dos preços e à forma como as cotações internacionais são refletidas pelas empresas. Ler mais

 

Diário de 28-6-2022

 


Diário da República n.º 123/2022, Série I de 2022-06-28

Icon PDF red
ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Orçamento da Assembleia da República para 2022

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES - PRESIDÊNCIA DO GOVERNO

Retifica o Decreto Regulamentar Regional n.º 6/2022/A, de 29 de abril, publicado no Diário da República, 1.ª série, n.º 83, de 29 de abril de 2022, «Aprova a nova orgânica do XIII Governo Regional»

Cerca de 10% dos cancros da Europa estão ligados à poluição

 

Cerca de 10 por cento dos cancros na Europa estão ligados à poluição, nas suas diversas formas, e eram evitáveis na maioria dos casos, informou na segunda-feira a Agência Europeia do Ambiente (AEA).

“A exposição à poluição do ar, ao tabagismo passivo, aos raios ultravioletas, ao amianto, a alguns produtos químicos e a outros poluentes estão na origem de mais de 10% dos casos de cancro na Europa”, especificou a organização, em comunicado.

Este número pode contudo diminuir de forma drástica se as políticas existentes forem objeto de uma atualização rigorosa, nomeadamente na luta contra a poluição, segundo a organização.

“Todos os riscos cancerígenos ambientais e profissionais podem ser reduzidos”, afirmou Gerardo Sanchez, um perito da AEA, sobre o documento, o primeiro da agência sobre a relação entre cancro e ambiente. Ler mais

 

Aumentos salariais de técnicos superiores e doutorados só devem chegar em 2023

 Os aumentos salariais dos técnicos superiores e dos doutorados da administração pública só deverão entrar em vigor em 2023, mas as valorizações dos assistentes técnicos serão aplicadas já este ano, com retroativos a janeiro, segundo uma proposta do Governo.

Em causa está a proposta do Governo em negociações com os sindicatos da administração pública, a que a Lusa teve acesso, que prevê aumentos de cerca de 48 euros nos salários de entrada da carreira de assistente técnico e de 52 euros para técnicos superiores, bem como uma valorização da ordem dos 400 euros para quem tem doutoramento.

Na última reunião com as estruturas sindicais, a secretária de Estado da Administração Pública, Inês Ramires, apresentou os novos valores salariais, mas não disse quando é que entrariam em vigor. Ler mais

Imprensa Escrita - 28-6-2022






 

Vacinação contra a gripe pode reduzir risco de doença neurológica grave

 
Entenda aqui.

As pessoas que receberam, pelo menos, uma dose da vacina contra a gripe apresentam um risco 40% menor desenvolver a doença de Alzheimer ao longo de quatro anos, segundo um estudo, assinado por cientistas da UTHealth Houston, nos Estados Unidos, e publicado na revista científica Journal of Alzheimer's Disease.

"A vacinação contra a gripe em adultos mais velhos reduz o risco de desenvolver Alzheimer ao longo de vários anos e esse efeito protetor aumentou com o número de anos que uma pessoa recebeu uma vacina anual", revelou um dos autores do estudo, Avram Bukhbinder, em comunicado. Ler mais

 

Contas feitas, combustíveis baixaram mais (ou menos) do que o previsto?

 De acordo com o preço médio, divulgado pela DGEG, o gasóleo registou uma descida de 2,8 cêntimos, ao passo que a gasolina ficou meio cêntimo mais barata. 

Esta semana começou com uma descida dos preços dos combustíveis, tal como previsto, mas, afinal, a descida foi superior ou inferior às previsões? Vamos às contas. 

Começamos pelo gasóleo simples, cujo preço médio era de 2,094 euros por litro (€/litro) no domingo, dia 26 de junho. Na segunda-feira, o valor baixou para 2,066 €/litro, o que significa uma redução de 2,8 cêntimos

Já a gasolina simples 95 baixou para 2,101 €/litro, face aos 2,106 €/litro verificados no domingo, de acordo com os dados da Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG). É uma descida de meio cêntimo. Ler mais

 

Quer escolher o melhor crédito habitação? Cinco pontos a ter em conta

 

Fique a par destas dicas para garantir que encontra a "melhor solução" para si. 

 Está a pensar comprar casa, recorrendo a um empréstimo, mas não sabe qual o melhor crédito habitação para si ou para a sua família? Há vários aspetos a ter em consideração e é fundamental estar bem preparado, até para que consiga poupar algum dinheiro e garantir que faz um bom investimento. 

Nesta senda, o Doutor Finanças reuniu cinco pontos aos quais deve estar atento ao contratar um crédito habitação, de modo a encontrar a melhor solução para o seu caso. Tome nota: 

1. Valor de Empréstimo: "Depois de definido o tipo de imóvel e a sua localização, consegue ter uma ideia do valor necessário para avançar com a compra. No entanto, deve pedir uma pré-aprovação desse montante e conhecer o limite máximo do valor a que pode comprar o imóvel, de acordo com as suas possibilidades"; Ler mais

Homem operado ao olho errado em Coimbra. Clínica questionou "preferência"

 Intervenção foi realizada na Sanfil, que, "enquanto hospital de destino, aceitou, em 15 de abril de 2021, o vale de cirurgia (VC)" emitido a um utente "provindo do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra". Deveria ser ao olho esquerdo, mas acabou por ser realizada, erradamente, ao olho direito.

Um homem foi operado ao olho errado na Sanfil - Casa de Saúde de Santa Filomena, em Coimbra, em 8 de maio de 2021. O caso foi revelado, esta segunda-feira, num parecer da Entidade Reguladora da Saúde (ERS). 

A ERS "tomou conhecimento de uma reclamação, visando a atuação da Sanfil – Casa de Saúde de Santa Filomena, S.A", sendo que, no âmbito do Sistema Integrado de Gestão de Inscritos para Cirurgia (SIGIC), a referida clínica, "enquanto hospital de destino, aceitou, em 15 de abril de 2021, o vale de cirurgia (VC)" emitido a um utente "provindo do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) enquanto hospital de origem". Ler mais

segunda-feira, 27 de junho de 2022

GARANTIAS "COMERCIAIS" ou CONTRATO DE SEGUROS?


 

EDULAW: Sabe o que é? E para que serve?


 

Quem lucra com o banco alimentar?


 

Sanções do G7 visam petróleo e indústria da defesa da Rússia

 

Os pormenores do mecanismo que pretende impor um preço máximo global ao petróleo russo, bem como o seu impacto na economia do país, serão acertados pelos ministros das Finanças do G7 nas próximas semanas e meses.

Os países do G7 vão desenvolver um mecanismo para limitar o preço do petróleo russo e tentar restringir o acesso da Rússia a recursos industriais no setor da defesa, disse esta segunda-feira um alto funcionário norte-americano.

Num encontro com jornalistas, a mesma fonte explicou que os líderes das sete nações mais industrializadas do mundo, que estão esta segunda-feira reunidos em Elmau, na Alemanha, querem também coordenar a utilização de impostos aduaneiros sobre produtos russos para ajudar a Ucrânia. Ler mais

 

Argentina propõe no G7 ser fornecedora substituta da Rússia em gás e alimentos

 

A Argentina está entre os maiores produtores mundiais de milho e de trigo, justamente os dois produtos mais afetados pela guerra na Ucrânia.

O Presidente argentino usará os seus dois discursos e as seis reuniões bilaterais desta segunda-feira na Cimeira do G7 para propor a Argentina como fornecedora substituta estável e confiável do gás russo à Europa e de alimentos ao mundo.

"Para a América do Sul em geral, mas para a Argentina em particular, abriu-se uma janela de oportunidades incrível para manter no mundo a segurança alimentar, a segurança energética, o abastecimento de minérios e de fertilizantes em substituição ao que os países em guerra produziam", explica à Lusa Dante Sica, ex-ministro da Produção da Argentina (2018-2019) e diretor da consultora Abeceb, especializada em comércio e investimento na América Latina. Ler mais

 

Agrifood podcast: Pesticide regulation, nature restoration, insect tasting

 


This week, EURACTIV’s agrifood team talks you through the EU’s pesticide framework revision and the 12th World Trade Organisation (WTO) ministerial meeting. We also spoke to Simonas Šatūnas, head of cabinet of the EU’s environment Commissioner Virginijus Sinkevičius, about nature restoration targets and we had a very special tasting session of this week’s flavour of the week: the first insect approved in EU for human consumption. (...)

 

Pátio das Cantigas 25 de junho 2022 às 18:28 Os remendos na Saúde…

A obsessão ideológica de Marta Temido acabou com as parcerias público-privadas nos hospitais, quando estas tinham provado funcionar bem e, até, com poupanças significativas.

A obsessão ideológica de Marta Temido acabou com as parcerias público-privadas nos hospitais, quando estas tinham provado funcionar bem e, até, com poupanças significativas.

Dizer-se ou escrever-se que a saúde ‘está doente’ em Portugal tornou-se uma banalidade, da qual, provavelmente, raros discordam, a começar por aqueles que não dispõem de alternativas ao SNS, por falta de recursos… ou de um hospital privado por perto.

Durante o período mais agudo da pandemia, o Governo e a sua ministra da Saúde, alegavam que o SNS resistia bem, apesar da enorme pressão exercida pela covid-19 sobre o sistema público.

Claro que o mesmo Governo escondia o facto de milhares de consultas, exames e de cirurgias terem sido adiadas, com grande prejuízo para os doentes, por incapacidade dos hospitais públicos, mobilizados para acorrer à covid, e por resistência declarada da ministra em pedir apoio ao setor privado. Ler mais

 

Food security in times of crisis

 Food security has been the phrase on everyone’s lips since the start of the Ukraine war, which has sent the agrifood sector reeling.

While at the EU level food security is not at risk, elsewhere concerns are mounting over potential food shortages. Meanwhile, the conflict has sent global food prices skyrocketing, which will hit the poorest populations the hardest.

To cope with this crisis, some, including the incoming Czech Presidency, have suggested green goals be paused in favour of increasing food production. Others warn that this is a mistake, pointing out that the environmental targets outlined in the EU’s flagship food policy, the Farm to Fork strategy, are necessary to build a truly sustainable food system in the long run.

For their part, the European Commission has asked member states to adjust their Common Agricultural Policy (CAP) national strategic plans in consideration of the evolving geopolitical context. (...)

« Le choix de l’agroécologie n’est pas une option mais une obligation »

 

En marge d’une conférence européenne sur la sortie des pesticides, jeudi et vendredi (2 et 3 juin) à Dijon, le chercheur en agroécologie Xavier Reboud explique à EURACTIV les enjeux que soulève ce changement de cap.

L’Europe et la France se sont fixé des objectifs ambitieux dans le cadre de la stratégie « de la ferme à la fourchette » (Pacte vert) et le plan Écophyto II+ : diminuer par deux l’utilisation des pesticides à l’horizon 2030.

Pour autant, la mise en œuvre de ces engagements reste incertaine. Côté européen, le débat fait rage entre les défenseurs du Pacte vert et les « productivistes » qui, au nom de la souveraineté alimentaire, désirent revoir les ambitions à la baisse.

Alors qu’elle pouvait inscrire ces mesures contraignantes dans un cadre juridique, la Commission européenne, a repoussé au mois de mars dernier la présentation de son « paquet sur la protection de la nature ». Ler mais

Mais de 20 médicos de hospitais de Lisboa em investigação por falsificarem presenças

O caso remete a uma investigação iniciada pelo Ministério Público em 2019 e partiu de uma denúncia de um outro profissional de saúde. Os médicos em causa, que conseguiram contornar o sistema de controlo de assiduidade ao picar o ponto uns as outros, foram constituídos arguidos e podem vir a ser acusados de burla e falsidade informática.

Ao todo, são mais de 20 médicos integrados nos hospitais do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central sob investigação do Ministério Público por revezarem-se a picar o ponto uns pelos outros e assim contornar o sistema de controlo de assiduidade vigente, escreve a edição do Público desta segunda-feira.

De acordo com o mesmo jornal, a investigação, iniciada em 2019, partiu de uma denúncia de um outro médico e ainda não está concluída, podendo os profissionais sob investigação vir a ser acusados de falsidade informática e burla. Ler mais

 

Imprensa Escrita - 27-6-2022






 

Água. Regulador propõe aumento dos preços (e nova tarifa social)

 Segundo o regulador do setor, em mais de metade dos municípios (60%) o preço da água é muito baixo e não cobre os custos de abastecimento e saneamento.

A Entidade Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos (ERSAR) propõe um aumento dos preços da água e a criação de uma nova tarifa social com um valor de 4,5 euros por mês, noticia esta segunda-feira o Jornal de Negócios.

Segundo o regulador, em mais de metade dos municípios (60%) o preço da água é muito baixo e não cobre os custos de abastecimento e saneamento.

Ao que indica a ERSAR, há municípios onde o preço da água custa 40 cêntimos por m3 e outros onde o preço máximo é de três euros por m3. Por isso, o regulador defende também que os municípios mudem a forma como calculam estes preços.

Dados avançados pelo Negócios revelam também que, em Portugal, cada família consome em média 10.000 litros de água por mês, o que significa 120.000 litros por ano. 

Esta segunda-feira, o ministro do Ambiente alertou que os portugueses vão ter de se habituar a viver com menos água, deixando também um aviso a investidores: o Governo "não tem qualquer tipo de limitação na aplicação de restrições" de consumo.

Em entrevista à Agência Lusa, numa altura em que o país vive uma das maiores secas de que há registo, o ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, salienta que o mais importante é haver água para consumo das pessoas, e que se começar a faltar água o Governo aplica "as restrições que forem necessárias"

 

Preços dos combustíveis baixam hoje. Saiba onde são mais baratos

 
As previsões apontam para uma baixa que pode chegar aos três cêntimos no caso do gasóleo e de um cêntimo no caso da gasolina.

Depois de várias semanas de aumentos, os preços do gasóleo e da gasolina retomam as quedas, esta segunda-feira, com uma descida que se prevê que seja maior no caso do gasóleo. 

As previsões apontam para uma baixa que pode chegar aos três cêntimos no caso do gasóleo e de um cêntimo no caso da gasolina, revela a RTP.

No seguimento destas expectativas, o Governo decidiu manter, na sexta-feira, o Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) do gasóleo. Por outro lado, vai agravar a carga fiscal sobre a gasolina.  Ler mais

 

Covid-19 aumenta o risco de Alzheimer, Parkinson e derrames cerebrais

 Um estudo, publicado no Frontiers in Neurology, explica quais são as probabilidades de ser diagnosticado com Alzheimer, Parkinson e derrames cerebrais, pós Covid-19. 

 O European Academy of Neurology Congress está a acontecer, em Viena, até dia 28 de junho. Trata-se de uma conferência que serve como plataforma de divulgação de diferentes trabalhos, entre eles um estudo onde se afirma que pacientes positivos à Covid-19 correm mais riscos de vir a sofrer de Alzheimer, Parkinson e derrames cerebrais. 

Os investigadores analisaram, entre 2020 e 2021, os dados de quase metade da população total da Dinamarca. A equipa chegou à conclusão que, durante o período estudado, aqueles que testaram positivo para Covid-19 desenvolveram 3,5% de probabilidades de ser diagnosticados com Alzheimer, já quando se fala de Parkinson o número diminui para 2,6%. Existe ainda uma hipótese de 4,8% de um paciente sofrer uma hemorragia cerebral e de ser 2,7% mais propenso a sofrer um AVC isquémico. Ler mais

Diário de 27-6-2022

 


Diário da República n.º 122/2022, Série I de 2022-06-27

Icon PDF red
ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Orçamento do Estado para 2022

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA - ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Designa a representante da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira na Comissão Científica no âmbito da Estratégia Regional de Inclusão Social e Combate à Pobreza, a que se refere a Resolução do Conselho do Governo Regional n.º 214/2022, de 8 de abril

Metadados: "Não pode haver sombra de dúvida sobre a constitucionalidade", diz Marcelo

 

O Presidente da República reiterou que irá pedir ao Tribunal Constitucional a fiscalização preventiva do diploma que lhe chegar do parlamento relativo aos metadados.

O Presidente da República reiterou este domingo que irá pedir ao Tribunal Constitucional (TC) a fiscalização preventiva do diploma que lhe chegar do parlamento relativo aos metadados, defendendo que “não pode haver sombra de dúvida” sobre esta matéria.

No final de um evento de boas-vindas organizado pela Fundação Oceano Azul no âmbito da Conferência dos Oceanos da ONU, Marcelo Rebelo de Sousa foi questionado sobre os alertas da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD), que considera que algumas das soluções propostas pelo Governo para regular o acesso dos metadados referentes a comunicações eletrónicas para fins de investigação criminal diminuem as garantias dos direitos fundamentais dos cidadãos. Ler mais

 

Portugal tem de se habituar a viver com menos água, avisa ministro do Ambiente

Quando o país vive uma das maiores secas de que há registo Duarte Cordeiro avisa que que se começar a faltar água o Governo aplica "as restrições que forem necessárias".

Os portugueses vão ter de se habituar a viver com menos água, alerta o ministro do Ambiente, que deixa também um aviso a investidores: o Governo “não tem qualquer tipo de limitação na aplicação de restrições” de consumo.

Em entrevista à Agência Lusa, numa altura em que o país vive uma das maiores secas de que há registo, o ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, salienta que o mais importante é haver água para consumo das pessoas, e que se começar a faltar água o Governo aplica “as restrições que forem necessárias”. Ler mais

 

Potencial tratamento da diabetes regenera as células produtoras de insulina

 Uma possível forma de tratar a diabetes é reparar ou substituir as células do corpo que produzem naturalmente insulina.


Investigadores suecos identificaram agora uma molécula que ajuda a estimular o crescimento de novas células produtoras de insulina, e descobriram como funciona, abrindo a possibilidade de novos tratamentos para a diabetes.

A diabetes é caracterizada por problemas com insulina, a hormona que regula os níveis de glicose no sangue e permite que as células do corpo tenham acesso a ela através de energia. Ler mais

Banco de Portugal deixa avisos. Queda nos preços das casas é um risco

 O Banco de Portugal deixa alertas quanto aos riscos e vulnerabilidades da economia que podem perturbar a estabilidade financeira, destacando, nomeadamente, os preços da habitação, mas também a redução dos rendimentos das famílias e as imparidades da banca.


O Relatório semestral de Estabilidade Financeira divulgado nesta sexta-feira pelo Banco de Portugal (BdP) apresenta a redução dos preços no mercado imobiliário residencial como um dos maiores riscos à estabilidade financeira devido às “alterações nas condições de financiamento”.

Um alerta que surge quando as taxas de juros têm aumentado após vários anos em negativos.

“No contexto do recente maior crescimento observado no crédito à habitação, é fundamental assegurar que este não passe a assumir um papel determinante para a evolução dos preços no mercado imobiliário“, aponta o BdP. Ler mais

Banco de Portugal não quer preços das casas a subir à boleia do crédito

Banco de Portugal está mais preocupado com o risco de descida dos preços das casas e, embora não antecipe uma "correção", avisa que é preciso evitar que os preços subam à conta do aumento do crédito.

O Banco de Portugal está mais preocupado com o risco de descida dos preços das casas e, embora não antecipe uma “correção”, avisa que é preciso evitar que os preços subam à conta do aumento do crédito bancário. O alerta está no Relatório de Estabilidade Financeiro (REF), divulgado esta sexta-feira pelo supervisor e apresentado pelo governador Mário Centeno em conferência de imprensa em Lisboa.

Num ponto em que destaca o “risco de uma redução dos preços no mercado imobiliário residencial, decorrente de alterações nas condições de financiamento”, o Banco de Portugal começa por assinalar que “à semelhança do sucedido a nível internacional, e apesar da incerteza originada pela crise pandémica, os preços no mercado imobiliário residencial continuaram a aumentar em Portugal, refletindo, inter alia, a procura de habitação por não residentes, que se manteve, e a escassez de oferta“. Ler mais

 

"As boas intenções não chegam para resolver a falta de recursos no SNS"

  João Varandas Fernandes é médico especialista em ortopedia e traumatologia no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Central, assessor d...