quinta-feira, 29 de junho de 2023

Está nos refrigerantes e pastilhas e vai ser considerado cancerígeno

 

A Agência Internacional de Investigação do Cancro irá dar uma nova classificação ao aspartame. 

É já no próximo mês de julho que o aspartame será considerado como "potencialmente cancerígeno" pela Agência Internacional de Investigação do Cancro (IARC, em inglês), que faz parte da Organização Mundial da Saúde, revela a Reuters.

O aspartame é um dos adoçantes artificiais mais usados em todo o mundo. Por exemplo, está presente em refrigerantes, outras bebidas e até em pastilhas.

A decisão da IARC surge depois de uma reunião com especialistas externos que procuraram encontrar bases para considerar este adoçante como cancerígeno. 

A Reuters relembra que ações semelhantes no passado já levaram a ações judiciais e a pressão por parte dos fabricantes para deixarem de usar certo tipo de substâncias. 

Desde 1981, que o Comité Conjunto de Especialistas em Aditivos Alimentares (JECFA, em inglês) considera o aspartame seguro dentro de alguns limites. Por exemplo, beber entre 12 a 36 latas de um refrigerante que o tenha pode levar ao aumento do risco de vir a desenvolver cancro.

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Quer ir trabalhar para fora? De onde procurar emprego à documentação necessária, eis tudo o que precisa saber

  São cada vez mais os portugueses que decidem enveredar por carreiras internacionais. A falta de oportunidades, a procura de melhores con...