quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Carta aberta critica "falta de dinamismo" nos meios de pagamento

 

Várias empresas e associações de comerciantes e de pagamentos e moeda eletrónica emitiram hoje uma carta aberta em que defendem "existir um quadro desanimador de falta de dinamismo e diversificação dos meios de pagamento em Portugal".

Na missiva coassinada pela Associação Nacional de Instituições de Pagamento e Moeda Eletrónica (ANIPE), Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP), Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED) e SaltPay, os signatários dizem que o mercado português se encontra "particularmente desfavorecido quando comparado com outros mercados no Espaço Económico Europeu e no Reino Unido".

A carta aberta compara o número de Instituições de Pagamento e Moeda Eletrónica (IPME) licenciadas em Portugal (14) com as existentes noutros países do espaço económico europeu e no Reino Unido, destacando este último (1.231), Lituânia (123) ou França (85), por um lado, e Bélgica (34), Irlanda (41) e Itália (57), por outro. Ler mais

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguro na Web