sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Mário Frota convidado para falar em evento organizado pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor de Angola


República de Angola

MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO

INSTITUTO NACIONAL DE DEFESA DO CONSUMIDOR

___________|||____________

Programa

Dia: 15 de Setembro

 

COMPRA ‘’ONLINE’’ ANÁLISE DAS BARREIRAS EBENEFÍCIOS DO COMÉRCIO ELETRÓNICO

 

 

1º Painel

 12:00 - 12:20   O Acesso a Internet como Garantia da Qualidade no Comércio Electrónico .  

                             Orador: Ministério das Telecomunicações

 

Moderador Dr. Osvaldo Epipi

 

12:25 – 12:45Sistema de Regulamentação do Comércio Electrónico.

                            Orador: Dr. Gabinete Jurídico do MINDCOM

 

                            Moderador Dr. Osvaldo Epipi

 

12:50 – 13:10Os Riscos e os Limites no Comércio Electrónico.

                            Orador: Dr. Carlos Rosado

                            

                            Moderador: Dr. José Vunge

 

13:15 – 13:35A Protecção do Consumidor no Âmbito do Comércio Electrónico

                              Oradora: Dra. Fátima Byqui

                         

                             Moderador: Dr. José Vunge

                                                                                                                 

2-º Painel

 

14:00 – 14:20 – Relação de Consumo no Comércio Electrónico e a Vulnerabilidade

entre o Fornecedor e Consumidor.

                            Oradora: Dra. Lúcia Rego

 

14:25 – 14:45Carta dos Direitos Humanos na Era Digital.

                            Orador: Dr. Mário Frota

                            

14:50 – 15:10Livro de Reclamações Electrónico e sua Aplicabilidade.

                            Orador: Catarina Fonseca

 

Moderador: Dr. Jocelino Malulo

 

 15:30 - Encerramento

 

 “Exigir o seu direito enquanto Consumidor é exercer o seu dever de cidadania”

Sem comentários:

Enviar um comentário

Governo dá bónus mensal entre 1 e 19 euros para crianças pobres com mais de 3 anos

  Os 400 mil beneficiários do 1.º e 2.º escalões começam a receber o acréscimo em setembro com retroativos a julho O governo vai reforçar o ...