Diretor: Mário Frota

Coordenador Editorial: José Carlos Fernandes Pereira - Fundado em 30-11-1999 [ Edição III [ Ano XII

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

O que são os ultraprocessados e como identificá-los

Evite a todo o custo!

Os alimentos ultraprocessados são produzidos industrialmente e não contêm matéria-prima entre os seus componentes. Segundo a abc, isso significa que eles não são compostos de alimentos naturais e completos, mas de formas processadas de alimentos. Como exemplos de ultraprocessados temos todos os tipos de pastelaria industrial, a grande maioria dos cereais matinais, salgados como pseudo-batatas, bebidas açucaradas e refrigerantes, preparados de carnes, a maioria dos pré-cozinhados, pizzas, etc. E claro, com isto, vêm inúmeros malefícios à saúde. 

Temperados pela alta quantidade de gordura, açúcar e sal, que nos faz secretar dopamina, serotonina, entre outras, o que estimula ainda mais o apetite. Por serem altamente refinados, a digestibilidade é tão alta que a sensação de saciedade pode ser muito tardia. 

Como distinguir um ultraprocessado

Todos esses produtos são 'decorados' com embalagens apelativas, acompanhados de muita publicidade, com listas intermináveis de ingredientes (principalmente farinhas refinadas, açúcar, óleos vegetais refinados, sal e aditivos diversos) e, ao experimentá-los, não dá para parar de comer.

Sem comentários:

Publicar um comentário