sexta-feira, 24 de maio de 2024

Sé Velha de Coimbra cheia para ver a serenata que contornou a vontade da PSP

 

O Largo da Sé Velha de Coimbra esteve hoje completamente cheio de estudantes para ver a serenata monumental, que contornou a vontade da PSP, que queria que o evento se realizasse na Sé Nova.

“Há sempre alguém que resiste. Há sempre alguém que diz não”, cantou-se por toda a Sé Velha, no final de uma serenata que esteve em risco de não acontecer, e que trocou a habitual “Balada de Despedida” pela “Trova do Vento Que Passa”, canção de Adriano Correia de Oliveira, criada durante o Estado Novo.

A serenata monumental, que marca o arranque da Queima das Fitas e que é um dos momentos mais simbólicos da festa dos estudantes, esteve em risco de não acontecer, depois de a comissão organizadora ter anunciado na segunda-feira que o evento teria de se realizar na Sé Nova, por impossibilidade de assegurar as condições exigidas pela PSP para a Sé Velha. Ler mais

 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Quer ir trabalhar para fora? De onde procurar emprego à documentação necessária, eis tudo o que precisa saber

  São cada vez mais os portugueses que decidem enveredar por carreiras internacionais. A falta de oportunidades, a procura de melhores con...