terça-feira, 31 de janeiro de 2023

43% das pessoas fizeram compras online em 2022


 

Em 2022, 43% dos indivíduos em Portugal efetuaram compras através da Internet nos três meses anteriores ao inquérito, mais 2 p.p. do que no ano anterior. Caso se considere os 12 meses anteriores, 54% dos indivíduos efetuaram este tipo de transação, +2 p.p. que em 2021. O crescimento anual verificado foi inferior ao registado em 2021 (+7 p.p.) e em 2020 (+6 p.p.), anos marcados pela alteração de comportamentos dos consumidores resultante da pandemia COVID-19, e igual ao registado antes da pandemia (em 2019 tinha aumentado 2 p.p.).

No entanto, cerca de 25% dos indivíduos inquiridos nunca efetuaram compras pela Internet. Por outro lado, cerca de 9% dos indivíduos efetuaram vendas online.

Portugal era o 21.º país da União Europeia (UE27) no que respeita à percentagem de indivíduos que realizaram compras online nos últimos 3 meses e o 23.º país em vendas online.

O «vestuário/calçado» (66%) e as «refeições entregues ao domicílio» (42%) foram os produtos físicos mais encomendados pela Internet, seguindo-se os «produtos de cosmética, beleza e bem-estar» (28%) e os «computadores, tablets, telemóveis, equipamento informático complementar ou acessórios» (27%). Os «equipamentos desportivos» foram o item que mais desceu face ao ano anterior (-6 p.p.). Ler mais

Sem comentários:

Enviar um comentário

Quer ir trabalhar para fora? De onde procurar emprego à documentação necessária, eis tudo o que precisa saber

  São cada vez mais os portugueses que decidem enveredar por carreiras internacionais. A falta de oportunidades, a procura de melhores con...