segunda-feira, 20 de novembro de 2023

Contratou um trabalhador doméstico? Vai dar para entrar nas contas do IRS

 

Proposta foi apresentada pelo PS no âmbito do Orçamento do Estado para 2024. Saiba o que está em causa. 

A partir do próximo ano será possível deduzir 200 euros em IRS as despesas com serviço doméstico, no âmbito de uma proposta apresentada pelo Partido Socialista (PS). 

Na semana passada, o ex-secretário de Estado Miguel Cabrita referiu que a medida sobre dedução de despesas com serviço doméstico "se insere no chamado braço fiscal da Agenda para o Trabalho Digno" do Governo.

"Há menos de um ano foi aprovada a criminalização da não declaração de trabalho, que cobre não apenas o serviço doméstico, mas todas as formas de trabalho não declarado. Sabemos que no serviço doméstico há ainda muito trabalho informal", apontou o ex-secretário de Estado do Trabalho e atual deputado do PS eleito por Setúbal. Depois, Miguel Cabrita, justificou a medida da bancada socialista: "Do ponto de vista fiscal, estarmos a dar um incentivo" aos empregadores.

"Sabendo-se que há muitas relações de trabalho ainda informais neste setor, dizemos a quem emprega pessoas que prestam serviço doméstico nas suas casas que, se formalizarem essa relação laboral, se ela for declarada -- como é obrigação de todos que seja -, então há lugar à possibilidade de inserir uma dedução de uma parte das despesas até 200 euros nos rendimentos para efeitos de IRS. È uma medida que visa o combate à economia informal e à evasão fiscal", frisou.

 

Coimbra. Estudantes bloqueiam Departamento de Matemática da Universidade

 

A entrada principal foi fechada com recurso a tubos e cola, enquanto as restantes portas foram barricadas pelo grupo.

Os estudantes do núcleo Fim ao Fóssil bloquearam, na manhã desta segunda-feira as entradas no departamento de Matemática do polo I da Universidade de Coimbra.

Em comunicado, o movimento refere que "a porta principal foi bloqueada pelos próprios estudantes que se colaram às portas e utilizaram tubos para se prenderem uns aos outros".

Por sua vez, "as portas traseiras que dão acesso ao departamento foram também barricadas por dentro, impedindo assim qualquer acesso ao interior", pode ler-se. Ler mais

'Cheque', melhorar a casa e mais: Os 5 temas que marcam esta 2.ª-feira

Conheça os principais temas da Economia que estão a marcar esta segunda-feira, dia 20 de novembro. 

O último 'cheque' de 90 euros no âmbito do apoio extraordinário às famílias mais vulneráveis é pago esta segunda-feira, dia 20 de novembro, confirmou ao Notícias ao Minuto fonte da tutela. Trata-se do quarto e último apoio que é pago este ano. 

Candidaturas estão abertas a partir desta segunda-feira, dia 20 de novembro. Famílias que têm baixos rendimentos vão ter apoios de até 3.900 euros.

A semana arranca com boas notícias para os condutores portugueses, já que o preço da gasolina e o do gasóleo ficam mais baratos.

 Salário bruto mensal médio por trabalhador aumentou 5,9%. Está nos 1.438€

A remuneração bruta total mensal média por trabalhador (por posto de trabalho) aumentou 5,9%, para 1.438 euros, no trimestre terminado em setembro de 2023 (correspondente ao 3.º trimestre do ano), em relação ao mesmo período de 2022, divulgou o INE, esta segunda-feira.

Os bancos já têm milhares de pedidos para fixar prestação da casa. Saiba como funcionam os juros caso decida aderir a esta medida.

Portugueses são dos europeus mais preocupados com a redução da pegada ecológica

 

Esta é uma das conclusões do 1.º Barómetro Europeu ESG (Environment, Social & Governance) da Europ Assistance, realizado pela Adwise, através de um inquérito online a 7.000 indivíduos (amostras nacionais representativas de 1.000 pessoas por país) na Europa (Portugal, Espanha, França, Bélgica, Itália, Alemanha e Áustria). O estudo foi realizado entre meados de julho e meados de agosto de 2023. O inquérito revela que os portugueses são dos que têm maiores preocupações com a pegada ecológica, mas consideram que ações drásticas para reduzir as emissões de CO2 devem exigir um maior apoio das instituições públicas e privadas.

Comportamentos como a redução do consumo de energia, redução dos resíduos e a reciclagem são os mais adotados pela população nacional, no entanto sentem falta de apoio por parte das várias entidades e consideram as normas e obrigações ecológicas úteis, mas não alcançáveis sem assistência financeira. Ler mais

Massa de ar polar faz cair as temperaturas. Norte e Centro descem até aos 0 ºC

 
Nos últimos dias, Portugal tem registado temperaturas acima da média para a época, mas o chamado 'Verão de São Martinho' chega ao fim esta terça-feira.

Está a chegar a Portugal continental uma massa de ar polar que a partir de terça-feira vai fazer cair as temperaturas.

À TSF, a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Patrícia Gomes, explica que o país vai ser atingido por ar polar "frio e seco" devido à deslocação de um anticiclone.

"A situação meteorológica está condicionada por um anticiclone que está localizado a norte do arquipélago de Açores e que se estende até à Península Ibérica. Ao longo do dia de hoje e durante o dia de amanhã, o centro deste anticiclone vai sofrer uma ligeira alteração, deslocando-se para leste-nordeste, e vai posicionar-se de modo a que haja um transporte de uma massa de ar frio desde o Atlântico norte até à Península Ibérica." Ler mais

 

Governo corta apoio aos elétricos

 


Já não há aumento do IUC para viaturas anteriores a 2007, mas o Governo também fez alterações de monta nos apoios aos elétricos e no incentivo ao abate de viaturas em fim de vida. Temas em destaque nesta edição, em que ouvimos a opinião do ACP. Conheça a escolha dos portugueses para a família no concurso Elétrico do Ano. Conduzimos o bZ4X, o novo elétrico da Toyota, e visitamos um Mini com uma história singular que vai alinhar no Rally D. Carlos. Ler mais

Mais de 10 mil famílias pedem congelamento da prestação da casa em apenas duas semanas

 

Nas duas primeiras semanas em vigor, a nova medida do Governo que permite ‘congelar’ e fixar a prestação do crédito à habitação já levou 10 mil famílias a efetuarem pedidos para aderir.

Os números recolhidos pelos quatro maiores bancos de Portuga, citados pelo Jornal de Negócios, indicam que BCP, Caixa Geral de Depósitos (CGD), Novo Banco e Santander Totta receberam um total de 10.460 pedidos para congelamento da prestação da casa.

Foi o Santander a registar maior volume de pedidos, com 6.800, enquanto no Novo Banco estão a ser avaliadas mil requisições (uma média de cerca de 100 por dia). Ler mais

Publicidade com menores ...